Greening dos citrinos

Classe: bactérias
Nome comum: Greening dos citrinos
Possível Anfitrião:

Citrus trees

Sintomas:

Affected Plant Parts

Citrus green symptoms vary depending on the citrus species and the environmental conditions. The symptoms may initially appear on a single shoot. The most common symptoms to appear in early stages are blotchy, mottled leaves. Leaf mottling, asymmetric chlorosis, and yellowing of veins and midribs will likely show up as the disease progresses. Infected trees will produce fewer, smaller, bitter-tasting fruits that oftentimes remain green in color. In later stages of the disease, symptoms on leaves might resemble nutritional deficiencies and may be misdiagnosed. Another symptom seen with citrus greening is vine corking. Though, vine corking could also be due to a citrus tristeza virus infection.

Asian Psyllid

The Asian citrus psyllid is a tiny, white-brown, mottled insect that is about the size of an aphid. The adult psyllid feeds with its head down, almost touching the leaf, and the rest of its body is raised from the surface at an almost 45-degree angle with its tail in the air. No other citrus pests position their bodies like this while feeding. Adults typically live 1-2 months. Females lay tiny yellow-orange, almond-shaped eggs in the folds of developing citrus leaves. Each female can lay several hundred eggs during her lifespan. Psyllid produce white waxy tubules around their rear end. Stages of the psyllid can live anywhere on the tree, but the immature stages and eggs will be found on young leaves. With time, psyllid presence on trees give rise to the formation of sooty mold.

Quem sou eu?

Citrus greening is a bacterial disease, exclusive on the citrus genus. The bacteria is vectored and transmitted by Asian citrus psyllid (Diaphorina citri) and African citrus psyllid (Trioza erytreae).

Citrus greening can kill trees, which severely reduces production. The bacteria is spread from tree-to-tree by psyllid vectors. Nothing can be done once a tree is infected; there is no cure for citrus greening.

Medidas de controle

Elimine a psilídea cítrica asiática antes que infete mais árvores.

Não utilize produtos à base do mesmo princípio ativo em tratamentos consecutivos. Pode induzir uma resistência ao ingrediente específico utilizado.

Os produtos utilizados numa ou mais partes do mundo podem conter os seguintes ingredientes:

Grupo 1: imidaclopride, acetamipride, e timetoxame

Grupo 2: Abamectina (em combinação com timetoxame)

Grupo 3: dimetoato

Grupo 4 fenepropatrina

Grupo 5: diflubenzurão

azadiractina, óleo de nim, piretrinas e sal de potássio de ácidos gordos.

Deve-se ter cuidado e atenção ao usar quaisquer produtos fitofarmacêuticos (inseticidas, fungicidas e herbicidas). É responsabilidade exclusiva do produtor acompanhar os usos e permissões legais em relação às leis em seu país e mercados de destino. Leia sempre as instruções escritas nos rótulos e, em caso de contradição, trabalhe de acordo com o rótulo do produto. Tenha em mente que as informações escritas no rótulo geralmente se aplicam aos mercados locais. Os produtos de controle de pragas destinados à agricultura orgânica são geralmente considerados menos eficazes em comparação com os produtos convencionais. Ao lidar com produtos orgânicos, biológicos e, até certo ponto, com um pequeno número de produtos químicos convencionais, a erradicação completa de uma praga ou doença muitas vezes exigirá várias iterações de um tratamento específico ou combinação de tratamentos.

Galeria de imagens

blank
blank
blank